*O Albergue da União Zoófila encontra-se encerrado*

Amigos, os cães e gatos ao nosso cuidado não adoecem com o COVID-19, nem são vetores de transmissão da infecção. Mas os humanos que os protegem – funcionários, voluntários e padrinhos -, podem adoecer. Por isso, para os proteger, estamos a assegurar para o exterior apenas os serviços mínimos de atendimento ao público.

Actualização/Novo Estado de emergência: Nos próximos fins-de-semana, enquanto estiver em vigor o recolher obrigatório, o albergue estará fechado ao público, incluindo padrinhos.

Os donativos podem continuar a ser deixados ao portão.

Relativamente às adopções de cães e de gatos, vamos tentar, dentro das nossas possibilidades, mantê-las activas. Para isso, caso estejam interessados em adoptar um cão ou um gato, preencham por favor a Candidatura de adopção e enviem-nos por e-mail para: uniaozoofila.adopcoes@gmail.com


Ficha de candidatura a adopção


Ficha de candidatura a adopção – Word


Ficha de candidatura a adopção EN – pdf


Ficha de candidatura a adopção EN – Word

Não compre. Adopte.

Temos ao nosso cuidado cerca de 600 cães e 200 gatos. Descubra aqui as várias formas de os ajudar.


Adopte um animal

De certeza que se vai apaixonar por um dos nossos cães ou gatos. Venha conhecê-los!

Albergamos centenas de animais e desde 1951 já passaram por nós dezenas de milhares de cães e gatos. Se procura um amigo para a vida certamente que teremos um para si.

Adoptar

Testemunhos

A adopção de um animal, é um compromisso que assumimos. É o destino de uma vida que temos nas mãos… uma vida que apenas pede amor e que ama da forma mais pura e inocente que podemos conhecer! Este amor é um privilégio. Em 2011 adoptei a minha Pipa na UZ e durante toda a sua vida eu vou estar ao seu lado – desde o dia em que a trouxe para casa, para a sua família, que lhe prometi amor, carinho e todos os cuidados. Adoptar um animal é prometer a quem (sim quem e não o quê porque um animal é tão provido de sentimentos que só alguém sem coração o poderá ver como uma coisa) só nos dá amor, que o amaremos durante toda a sua vida! A adopção é um compromisso, um compromisso de Amor!!!
susanaepipa.jpg
Susana Sousa
Adoptante

O meu nome é Daniela Branco, tenho 17 anos e sou estudante.
Ser voluntária significa estar disposta a dar amor e dedicar tempo a todos os gatinhos, até aos mais assustados, pois ver a evolução deles comigo é o que mais me enche o coração.

danielabranco.jpg
Daniela Branco
Voluntária

Em fevereiro de 2012, perdi o meu companheiro de 14 anos, o Nicki, um gatinho inteligente e brincalhão. Disse que não queria ter mais nenhum, pois o desgosto era muito grande. Passados uns meses, como não conseguia estar longe deles, resolvi ser madrinha de um gato na União Zoófila. Desloquei-me lá e além de ter arranjado um afilhado, encontrei um novo companheiro, o Muffin, gato reguila que nos faz a vida “negra” há quase 5 anos. Desde aí, já tive muitos afilhados, porque, felizmente, foram sendo adotados. Ser madrinha na UZ não é só pagar a quota ao fim do mês. É ir lá sempre que possível e, com muito carinho e paciência, fazer os nossos afilhados voltarem a confiar nos humanos e acreditarem que podem ser felizes. Neste momento, a minha afilhada é a Lolita, uma gatinha sénior muito especial que foi deixada na UZ porque a sua companheira de muitos anos faleceu. A Lolita passeia pelo gatil, faz o que quer, “manda” em todos. Que bom que é entrar no gatil e ser recebida pelo seu miar especial e os seus ronrons, sentir que ela gosta de me ver.

madrinha-e-lolita.jpg
Ana Azevedo
Madrinha

Sou sócia, voluntária, adoptante e madrinha de cães da UZ, desde 2007, ano em que o meu cão tinha falecido e eu fui entregar ração dele à UZ e nunca mais de lá saí.
Posso dizer que tenho tido as experiências mais gratificantes e mais dolorosas que é possível.
Ser voluntário é trabalho árduo e esforço, alegria e desafio. Mas ser voluntário também é morrer de saudades quando eles partem.

Fatimaseoaneepatim.jpg
Fátima Seoane
Voluntária

O Greg é um dos cães mais especiais e carentes que conheci.
Depois do pavor do primeiro passeio, em que resistiu a confiar em mim, nunca me esquecerei de quando se deitou ao meu lado, de barriga para cima. O “rendo-me às tuas festinhas” do Greg emocionou-me muito e ainda hoje, sempre que me lembro, me emociona.
Quem ama os animais, gostava de poder chegar a todos e, se pudesse, adoptava-os a todos sem exceção. Não podendo fazê-lo, uma das formas de ajudar é apadrinhá-lo.

sofiaegreg.png
Sofia Taveira
Madrinha

A UZ mudou a minha vida, e de quem vive lá em casa. Para melhor, e muito…
Sou padrinho apenas da Kate e da Happy (em parceria), mas gosto de todos, sem exceção… .
Adoptámos a Maiorca, membro indiscutível da nossa família, sem a qual não conseguíamos agora viver.
Não me canso de agradecer o trabalho da União Zoófila, diário e impressionante.

zepedro.jpg
José Pedro Nunes
Padrinho

Adoptei a Alanis em 2011 na União Zoófila. Baptizada Blackie Alanis!
Ser adoptante é um compromisso para toda a Vida! É receber na família um elemento que passa a fazer parte da mesma e tratado como tal! Com Amor e muito Carinho!
A Blackie está connosco desde então!
Bem haja UZ!

alanis.jpg
Ana Gonçalves
Adoptante

Comecei por acompanhar o meu filho, Ricardo, que tinha apadrinhado um cão ao cuidado da União Zoófila e fiquei logo com vontade de continuar estando presente sempre que podia.
Um dia o Ricardo mostrou-me a Babel, que também tinha apadrinhado e acho que foi amor à primeira vista.
Comecei a passear com ela e cada vez se tornava mais difícil deixá-la mas tinha que ser, porque eu não podia trazê-la.
Finalmente tive oportunidade de a adoptar e foi das melhores decisões que tomei.
Hoje já não sabia viver sem ela: pelo amor que me dá e pela companhia. No princípio ainda era tímida mas hoje é dona da casa e eu já não era capaz de viver sem ela.
Muito obrigada por tudo o que fazem e, no meu caso, por terem tomado tão bem conta da minha miúda.

gracindaebabel.png
Gracinda Costa
Adoptante

Notícias

Acompanhe o dia-a-dia da União Zoófila e fique a par das novidades sobre os nossos cães e gatos.

pt_PT
pt_PT en_GB