A Tota foi encontrada

O lugar dela é aqui. O lugar da Tota é aqui, exactamente aqui, ao colo da adoptante, e é para aqui que ela vai voltar! Porque a Tota, desaparecida hoje de manhã, foi encontrada há poucos minutos e já está em casa!

A Tota é uma amiga especial. É um ‘cão de caça’ que não caça e se viu abandonado com uma pata ferida à beira de uma estrada rural.

A Tota foi acolhida na União Zoófila. Tem medo detudo. Qualquer ruído a aterroriza. Na UZ, só ao fim da tarde, quando o movimento acalmava, era capaz de brincar sem medo. Mas também sem pessoas estranhas perto dela.

A Tota podia estar condenada a passar a vida inteira num canil. Mas uma família quis conhecê-la e fazer-se conhecer por ela. Um mês depois, adoptou-a, sabendo que a Tota era um grande desafio.

A Tota nunca será um cão normal. Nunca será um cão despreocupado. O medo está dentro dela. O simples accionar de um interruptor assusta a Tota. Qualquer movimento brusco fá-la encolher-se. Mas a Tota pode ser um cão mais feliz junto de uma família. Acreditámos e acreditamos nisso.

Por um infeliz acaso, hoje, pelo meio-dia, a Tota libertou-se do peitoral, com trela, que usava mesmo dentro do jardim da casa e escapuliu-se.

Foram 13 horas de tremenda aflição – aflição que vimos nos olhos de todos os membros da família da Tota, que não pararam um segundo.

Mesmo num momento tão dramático, foi comovente para nós, que lhes entregámos a Tota, ver chegar o pai, com o desespero nos olhos, e depois o filho, cheio de esperança, e o sogro, a tentar manter a calma, e a mãe, fora do país, mas em constante contacto.

E ver como depressa se mobilizaram e a todos os amigos na busca. Porque lhes fizeram ver que a Tota é importante. Porque é da família deles.

E também foi inspirador ver quem não conhecia a Tota juntar-se às buscas. E quem a avistou chorar de frustração por não ter conseguido agarrá-la.

E, finalmente, ver dois irmãos, o Bruno e a Tatiana Felix, que, identificando a nossa amiga, pararam o carro em que seguiam e correram até não poder mais e a encurralaram e apanharam.

Foi há poucos minutos.

Muito obrigada, Bruno e Tatiana! Também vocês sabem que a Tota é importante.

E muito obrigada também a vós, mais uma vez e sempre, amigos, pelas vossas partilhas.

Hoje a Tota não dorme ao relento. Dorme descansada.

Noite de descanso para todos.

Phone:
Fax:
Sede da União Zoófila, Rua Padre Carlos dos Santos
Alto das Furnas 1500 - 901 Lisboa
en_GB
en_GB pt_PT