Eu. Sozinho. Na rua. Debaixo da chuva.

Imaginemos que eles podiam contar-nos com palavras a história deles e o Sinatra diria ao Miguel, o voluntário com quem primeiro estabeleceu ligação na União Zoófila:

‘… e depois deixaram-me na rua e chovia e eu fiquei sozinho na rua. Eu. Sozinho. Na rua. Debaixo da chuva.’

Foi assim que o encontrámos. Na rua. Numa manhã de chuva, a ele, um gato que seguramente viveu antes numa casa.

Inicialmente muito desconfiado, o Serafim ligou-se ao Miguel e é assim que agora olha para ele e lhe conta o que lhe aconteceu antes de ser acolhido na União Zoófila.

E o Miguel consola-o, diz-lhe que já passou, que nada receie, que vai seguramente encontrar uma família a sério, capaz de dar valor a tão extraordinários bigodes.

É uma conversa sem palavras. Mas é uma conversa importante. De dois amigos.

O Sinatra é este gato lindo e triste. Está disponível, na União Zoófila, para dar uma segunda oportunidade a seres humanos, desde que seja capazes de entender a dor que ele traz dentro e que nunca, em circunstância alguma, dê a vida as volta que der, o deixe sozinho na rua.

Telefone:
Fax:
Sede da União Zoófila, Rua Padre Carlos dos Santos
Alto das Furnas 1500 - 901 Lisboa
pt_PT
pt_PT en_GB